A estranha sensação de não estar apaixonada.

Aqui estou eu.

Naquele estranho e necessário intervalo de tempo.

Sem aquela vontade de voltar ao passado e nem de reviver oque passou. (não mesmo)

E sem nenhuma pressa de começar uma nova história. (não mesmo)

Estranho. Sei que se você meu ex, lesse isso ,acharia estranho. Acho que você pensava que eu estaria triste querendo te ver, ou feliz curtindo todas as baladas ( ainda não sei porque você achava que seria assim), ou mais provavelmente, você pensou que eu logo estaria agarrada a alguém.

Eu entendo, eu tenho 33 anos, quero muito casar e ter filhos e sou uma romântica. Mas não tenho pressa. Se pareceu por vezes a você que eu tinha, era porque simplesmente acreditava na gente. E não por carência, desespero ou sei lá oque.

Sério, eu não tô com saco pra começar de novo, sabe?

Não, não é porque te quero ainda, não mesmo…

É porque não to com saco pra começar tudo de novo, me apresentar, apresentar família, mostrar a outra pessoa que eu sou confiável, amável e etc.

Sério, não to com saco.

Essa coisa de começar as vezes cansa.

E eu também não to afim de ter que me preocupar com isso agora. Conhecer, ficar com pé atrás e até confiar de novo… Meu Deus!

Ter que dar satisfação, me sentir controlada, presa a algo ou alguém.

Não quero, não agora.

Tô nesse estranho intervalo de tempo onde não me sinto apaixonada por ninguém.

Escuto músicas e não me vem mais você a mente e também não há outra pessoas a quem eu queira encaixar nas músicas.

E sabe que eu tô gostando?! Eu já tinha passado por isso a anos atrás, e tinha me esquecido como é bom não estar emocionalmente presa a alguém.

Como é bom tirar esse tempo só pra mim.

Mas claro, sei que um dia desses isso vai mudar, alguém vai me tirar o ar e óbvio que eu vou deixar , afinal, eu ainda sou aquela romântica.

Em um espaço de tempo só meu, mas ainda aquela romântica.

3 comentários em “A estranha sensação de não estar apaixonada.

  1. Há de ser no tempo certo. Quem me dera não amar ninguém, para não ter que ficar pensando nesse alguém todos os dias (felizmente já não é a todo o minuto). Quem me dera poder viver como antes, sem estar presa a alguém, ainda que não esteja num relacionamento. 😑

    Curtido por 1 pessoa

    1. O tempo, tem coisas que só o tempo é capaz. Mas nós precisamos querer também. Tente focar em coisas suas, novos projetos. Faça algo pra ocupar seu tempo ou simplesmente veja tv o dia todo, mas tente ocupar a mente . Não fique repassando as situações na sua memória. Ficar pensando no que passou é bom apenas no inicio, para compreender e aceitar, mas depois de um tempo, você precisa tentar bloquear esses pensamentos. Você vai ter depois de um tempo, alguns dias ótimos, vários dias seguidos, e de repente, em um dia qualquer tudo aquilo volta, você chora de novo como se tivesse sido ontem, mas, no outro dia você acorda melhor e levanta a cabeça novamente. E vai ser assim por um tempo ainda. Você só não pode se render.

      Curtido por 1 pessoa

      1. O bom é que trabalho e enquanto estou no trabalho não penso quase nada sobre isso. Pior é que eu não estou conseguindo desistir dele, quando ele me ignora e faz de tudo pra não falar comigo. Isso me está deixando cada vez pior. Já não sei lidar com as minhas próprias vontades e parece que o meu amor próprio só diminui cada vez que mando-lhe mensagem ou ligo. 😑

        Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s