O ponto final.

Eu não te odeio. Sério!

Sei que você pensa que estou com ódio porque te bloqueei de tudo, mas eu não te odeio.

Eu só cansei.

Das grosserias,

De você fazer pouco caso das coisas que me magoam,

Cansei de estar onde não deveria.

Eu sei que um dia você me amou, ou ao menos achou que me amava,

E você me fez feliz,

Fez sim, por um tempo.

E te sou grata porque todo mundo merece se sentir amado, mesmo que não seja pra sempre.

Mas eu cansei do que veio depois.

Cansei de você me querer por perto só quando é bom pra você.

Cansei de deixar você na minha vida sendo que na verdade eu não estou na sua.

Não me entenda mal, eu não te odeio.

Se você precisar de mim eu vou estar aqui.

Se eu te ver na rua  vou sorrir e cumprimentar.

Se sofrer um acidente ou se ficar doente, eu vou me preocupar e rezar pra que fique bem.

Eu te quero bem.

Mas agora te quero longe.

Não temos mais assunto, não compartilhamos mais nosso dia a dia e não quero mais me sentir parte de algo que não sou.

Então não entenda mal, eu não te odeio, só não quero mais dividir minha vida com o passado.

Nem saber coisas que não me dizem mais respeito.                                                          

Então sim, eu te bloqueei.

E não por ser imatura, mas sim por me respeitar.

E se você um dia me amou, vai saber que eu estou certa em fazer isso, e orar a Deus pra que eu fique bem.

Porque eu ainda te desejo o melhor.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s